#RUMOABAHIA

CARAVELAS- BA

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Desta pequena cidade no litoral sul da Bahia partem as embarcações que levam ao Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, detentor da maior formação de corais do Atlântico Sul e um dos melhores pontos de mergulho do país. Em terra, a infraestrutura da região não acompanha tamanha beleza: faltam bons hotéis, restaurantes e um certo charme a Caravelas.

COMO CHEGAR
Quem deseja conhecer o impactante Parque Nacional Marinho dos Abrolhos deve seguir pela BR-101 até Teixeira de Freitas. Pegue a BA-290 em direção ao litoral e, em Alcobaça, entre à direita na BA-001. Outra alternativa, vindo do norte, é entrar na BR-489, via Itamaraju e Prado. O principal aeroporto da região é o de Porto Seguro, servido por Azul, Gol e Tam, distante 250 km. Se não for alugar um carro, a alternativa mais flexível e conveniente, opte por saídas infrequentes de ônibus de companhias como a Águia Branca. Neste caso, você terá que embarcar em Eunápolis, pois não há uma linha regular saindo de Porto Seguro.

COMO CIRCULAR
Caravelas é uma das poucas cidades do litoral baiano em que o Centro não fica próximo à praia. A vila foi erguida às margens do Rio Caravelas. De lá, diariamente partem as embarcações em direção a Abrolhos. A praia fica a 6 km dali.

O QUE FAZER
Parque Nacional Marinho dos Abrolhos O parque inclui o Parcel de Abrolhos, com recifes de corais, as ilhas Redonda, Siriba, Guarita, Sueste e o Recife dos Timbebas. As ilhas, de formação vulcânica, estão a cerca de 70 km da costa da Bahia. Só é permitido desembarcar na Siriba, com monitores do Instituto Chico Mendes. Consegue-se chegar bem perto de aves marinhas, como o atobá-branco, e de fósseis de corais, exclusivos da região. Agências de turismo fornecem máscara, sorkel e nadadeiras para mergulho. Também é possível fazer um batismo de mergulho autônomo (R$ 150). Certifique-se de que a agência oferece um instrutor por pessoa nos mergulhos e que as embarcações encontram-se em bom estado de conservação.
Praia da Ponta da Baleia De areia grossa e dourada, está a 2 km de Praia de Iemanjá – e tem as mesmas águas turvas da vizinha. A origem de seu nome viria da grande quantidade de ossos de baleia encontrados por ali.

QUANDO IR
De dezembro a março, a visibilidade da água é melhor: 20 m. De julho a novembro, é possível ver as baleias-jubarte no trajeto para o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos ou em passeios específicos.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *